Especial Oscar 2011: O Vencedor (The Fighter) 2010

Posted on 08/03/2011 por

3


Mantendo vivo o nosso especial do Oscar 2011, segue a crítica do O Vencedor, indicado para sete categorias incluindo a de melhor filme e consagrando-se vencedor dos prêmios de ator e atriz coadjuvantes.

O Vencedor (The Fighter) é um filme baseado em fatos reais e narra a ascensão do lutador Micky “the Irish” Ward na busca pelo título de campeão mundial de boxe. Diversos filmes, inclusive vencedores de Oscar como “Rocky”, já abordaram o universo dos lutadores de boxe e as dificuldades que envolvem a prática desse esporte. Contudo, o grande diferencial deste filme foi trazer o eixo principal da história para as relações familiares do personagem, mostrando as dificuldades de Micky para promover sua carreira no meio de uma família disfuncional.

Nascido na pequena cidade de Lowell, Massachusetts, Micky (Mark Wahlberg) cresceu na sombra do sucesso de seu irmão mais velho Dicky Eklund (Christian Bale), que, após abandonar sua carreira de boxeador profissional, assumiu a posição de treinador do seu irmão. Dicky chegou a se destacar no mundo do boxe, tendo enfrentado, inclusive, o ilustre Sugar Ray Leonard, mas acabou encerrando sua carreira precocemente ao sucumbir ao vício do crack.

Dicky mantinha uma vida desregrada, sempre se atrasando para os treinos, privando seu irmão de um acompanhamento mais profissional no início de sua carreira. Esta situação se manteve até que Dicky se envolveu em atividades criminosas e terminou sendo violentamente preso. Micky, ao tentar defender seu irmão, teve sua mão fraturada por policiais e quase abandonou a carreira de boxeador.

Além disso, durante muito tempo Micky foi agenciado por sua controladora mãe (Melissa Leo), submetendo-o a lutas completamente inapropriadas para a sua carreira (chegou a lutar com um boxeador duas categorias acima da sua). Apenas após cortar esse “cordão umbilical” e ter sua carreira gerenciada por profissionais do ramo é que Micky teve oportunidade de deslanchar no esporte.

Contudo, ao mesmo tempo em que Micky buscava sua independência, encontrava em seus laços familiares a força que precisava pra vencer suas lutas. A ligação com seu irmão, mesmo durante o período em que esteve preso, foi um elemento fundamental em sua jornada para ser campeão.


O filme é repleto de boas atuações, com destaque para Christian Bale e Melissa Leo que acabaram ganhando o Oscar de melhor ator coadjuvante e de atriz coadjuvante. Já Mark Wahlberg, apesar de ter sido indicado na categoria de melhor ator, apenas não comprometeu.

Também merece destaque a direção de David O. Russell que incorporou ao filme alguns elementos de uma direção documental, tais como a inclusão de filmagens reais (um trecho da luta com Sugar Ray Leonard) e cenas simulando entrevistas com os personagens, contribuindo com a credibilidade da história.

O Vencedor é um típico filme de Oscar. Contando uma história de superação e com grandes interpretações, tornou-se um prato cheio para os membros da academia. Apesar disso, não foi ousado o suficiente pra se destacar entre os demais concorrentes deste ano e acabou ficando como coadjuvante.

Nota:

Ficha Técnica:
Título Original: The Fighter
Título Nacional: O Vencedor
Direção: David O. Russell
Elenco: Mark Wahlberg, Christian Bale, Amy Adams e Melissa Leo .
Ano: 2010
País:  EUA
Duração: 115 minutos

Posted in: Biográfico, Drama