A Partida (Okuribito) 2008

Posted on 23/01/2011 por

0


Para meu primeiro post em O Cinéfilo Digital, escolhi comentar um pouco a respeito desse filme de drama japonês, que foi vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro de 2009.

Sinopse: O violoncelista Daigo Kobayashi (Masahiro Motoki) se vê desempregado quando a orquestra na qual toca em Tóquio é dissolvida. Decide então regressar à sua cidade natal, acompanhado de sua esposa Mika (Ryoko Hirosue). Procurando por um novo emprego no jornal, chama-lhe a atenção um anúncio cujo título diz “trabalhamos com partidas”. O protagonista comparece ao local indicado e lá descobre que o emprego não é o que esperava e que a profissão consiste em preparar pessoas falecidas para seus enterros e para uma partida em paz.

É importante notar como, no início, as pessoas da vizinhança de Daigo, e até mesmo sua esposa, encaram sua profissão com desprezo. Apesar de inicialmente relutante, na medida em que continua a trabalhar com seu chefe Sasaki (Tsutomu Yamazaki), Daigo vai se aperfeiçoando na profissão e passa, cada vez mais, a conferir ao seu novo trabalho um tratamento de dignidade e respeito. Isso leva as pessoas a enxergarem com outros olhos sua profissão.

Devido ao tema tratado no filme, algumas pessoas podem ter um certo receio de assistir a ele. Todavia, aqueles que optam por ultrapassar essa barreira inicial descobrem que o filme aborda com sensibilidade os sentimentos humanos, as relações familiares e a noção de que a morte não significa o fim.

Àqueles que se interessarem em ver o filme, indico abaixo o trailer, disponível no site do YouTube:

João Luiz Mello

Nota:

Ficha Técnica:
Título Original: Okuribito

Titulo em Inglês: Departures
Título Nacional: A Partida
Direção: Yojiro Takita

Roteiro: Kundo Koyama

Produtor executivo: Yasuhiro Mase
Elenco Principal: Masahiro Motoki, Ryoko Hirosue, Tsutomu Yamazaki.
Gênero: Drama

Ano: 2008
País: Japão
Duração: 131 minutos

Vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 2009

Posted in: Drama